Categories

Most Popular

Por que os cachorros se lambem tanto?

Por que os cachorros se lambem tanto?

Os cachorros se lambem por diversas razões. Em alguns casos é natural, por puro instinto mesmo. Já em outros, por algum problema de saúde. O importante é observar o comportamento do animal em relação a isso e evitar enfermidades.  

Veja neste artigo, como identificar uma lambedura excessiva, que consequências pode trazer e como ajudar o seu filho de patas!

Cachorros que se lambem sem parar: possíveis motivos 

Muitas vezes quando encontramos nossos cachorros se lambendo tanto nos perguntamos o porquê disso, não é mesmo? 

É claro que seu peludinho não pode falar como se sente. Afinal de contas, a forma que ele se comunica é bem diferente da nossa. E é justamente por isso, que existem outras maneiras de descobrir o que o animal pode estar sentindo.  

O que faz o animal se lamber

De acordo com a Médica Veterinária da Lifepet, Kate Regina, o tutor não precisa ficar assustado ao ver o pet se lambendo.

“Existem diversas razões pelas quais o pet passa a língua no corpinho. Em primeiro lugar, porque isso é instintivo e próprio dele. O que é preciso observar é quando a lambedura é excessiva”, afirma a Veterinária. 

Kate pontua ainda que, tentar reconhecer quando esse costume acontece mais que o normal, é muito importante para garantir o bem-estar do animal. 

Veja abaixo os principais motivos pelos quais os cachorros se lambem tanto:  

Tédio, ansiedade e estresse

Um pet que fica por longos períodos sozinho em casa; preso a uma coleira ou sem brinquedinhos para se distrair começa a se lamber como uma forma de “passar o tempo”. Sem espaço ou exercícios como estímulo mental, o cão pode ficar muito para baixo e começar a lamber as patas e o corpo.

Esse tipo de desestimulação repetidamente pode resultar em depressão. Porque afinal, os animais também se sentem tristes quando ficam muito tempo sozinhos.

Desequilíbrios hormonais

Em casos de desequilíbrio nos hormônios produzidos pela tireoide ou excesso de cortisol, o corpo pode reagir com infecções de pele superficiais, causando coceira.

Problemas de pele, alergias ou pele seca

Em decorrência da mudança no clima, má-alimentação ou deficiência em ácidos graxos na alimentação do animal (que auxiliam na proteção e hidratação da pele) pode deixar o cão com pele seca.

Produtos de banho ou roupinhas também podem causar uma irritação na pele. A alergia pode ser um resultado de uma comida ou ambiental. O animal pode responder ao desconforto coçando o local.

Até mesmo a lambedura em excesso pode causar alguma dermatite na pele do animal.

Dor ou Feridas

Excessiva coceira, lambidas ou mordidas pode significar que o cão está com dor em determinado local do corpo. Verifique o local que o cachorro está focando para checar se não há algo errado.

É comum, por exemplo, que espinhos se prendam entre os dedos, e as mordidas na verdade sejam uma forma do animal de remover o objeto. Mordidas e lambidas compulsivas na pata também podem indicar possíveis problemas ortopédicos.

Parasitas

Uma das causas mais comuns para mordidas e lambidas excessivas pode sim vir da presença de parasitas, como ácaros, pulgas e carrapatos.

Mesmo que você não possa ver a olho nu, como no caso dos ácaros, ou as pulgas que muitas vezes passam despercebidas, não significa que este não seja um caso de infestação.

Como perceber o excesso de lambedura:

1 – Geralmente a pata fica molhada além do normal;
2 – Alguma ferida, falhas na pelagem ou mudanças anormais na cor dos pelos;
3 – Alterações no cheiro da pele e patinhas do animal.

O que fazer com cachorros que se lambem tanto?

É fundamental conversar com um médico veterinário assim que notar que seu pet está se lambendo mais do que o normal. É muito importante também não deixar os cães lamberem suas próprias feridas.

Se o pet não estiver com machucado aparente é preciso recorrer ao veterinário para que ele investigue a causa e com um diagnóstico, o médico veterinário indicará o melhor tratamento.  

Vale lembrar que se lamber como forma de higiene (para se limpar) é algo comum aos animais de estimação e não deve ser repreendido.

Aqui estamos falando sobre cães que se lambem muito e fora do normal. Não o reprenda caso ele esteja saudável e sem machucados. Ficar se lambendo é algo natural do cachorro.

    Deixe um comentário

    Your email address will not be published.*