Categories

Most Popular

Roupinha Pet – usá-la ou não no inverno?

roupinha pet

A roupinha pet é mesmo necessária durante o inverno? Cães e gatos precisam dela para se proteger do frio? Essas dúvidas podem ser suas e de muitos tutores também. Afinal de contas, é comum que na estação mais fria do ano você pense em maneiras para aquecer seu peludinho! E qual o tutor não se preocuparia com isso, não é mesmo?!   

Em algumas situações a roupinha tem o objetivo de proteger o bichinho contra o frio. Já em outros casos, a finalidade é por moda ou estética. Sendo assim é preciso ter muito cuidado, pois a utilização inadequada pode fazer mal à saúde do cão ou gato.  

Por isso, vamos tirar suas dúvidas sobre o uso da roupinha pet! Ao longo deste post, iremos esclarecer quando se faz necessário utilizá-la e quais as outras opções seguras, que também protegem seu filho de patas em dias frios.  

Roupinha Pet: quando ela é necessária? 

A roupinha pet, como falamos anteriormente é uma peça que basicamente, serve para enfeitar o animal. Por mais que você goste da ideia de deixar seu peludinho todo estiloso e na moda, a preocupação deve ser em primeiro lugar, com a saúde dele!  

Saiba que a roupinha pet é realmente útil em casos específicos. Se você optou por utilizá-la é preciso ter cautela! Entenda o porquê:  

Proteção natural 

Cães e gatos possuem sua proteção natural contra o frio. Sendo que, a troca de pelos é mais expressiva no período que antecede o verão e o inverno. 

Ou seja, isso acontece justamente para que o animal suporte tanto as baixas quanto as elevadas temperaturas. Isso chama-se de “queda de pelo sazonal” (neste artigo, explicamos tudo sobre o assunto). 

Pets idosos e filhotes 

Apesar dos animais possuírem a pelagem preparada para todas as estações do ano, filhotinhos, pets idosos ou raças com pelos menos volumosos costumam ser mais frágeis durante o inverno. 

Os bichinhos mais velhos podem ter pelos menos eficientes contra o frio pela vulnerabilidade da idade. Já os mais novos ainda não têm muita capacidade de manter a temperatura corporal e ficar aquecidinho. 

Raças 

Algumas raças pequenas como Chihuahua e Pinscher sentem muito frio. Já raças como Husky Siberiano, Bernese e São Bernardo, costumam sentir menos frio. 

Roupa específica pós-cirurgia 

A única roupinha que é realmente necessária para cães e gatos utilizarem é a pós-cirurgia. Esta tem finalidade de isolar e proteger algum local com pontos ou curativos. Dessa forma, evita-se que o animal tente lamber a ferida, se coçar, retirar os pontos ou encostar em ambientes contaminados. 

Quando NÃO devo utilizar a roupinha no meu pet? 

Alguns animais não gostam da roupinha, sentem-se desconfortáveis e muito incomodados. Sendo assim, caso você já tenha usado no seu pet e ele não gostou muito, melhor não insistir.  

Muitos pets se sentem mal com elas. Alguns até se coçam bastante e acabam tendo problemas de pele.  

Converse com um profissional da área veterinária e peça mais orientações para proceder no seu caso, ele irá avaliar o lugar que seu pet dorme e te ajudar a encontrar a melhor solução. Sempre levando em conta a raça, peso e idade do animal.     

O uso das roupinhas não prejudica a saúde do animal desde que ele aceite. Se o peludinho aceitar o uso de roupinhas, tudo bem! Agora se ele não deixar de jeito nenhum, melhor não o estressar com isso. 

Alternativas para proteger o pet no inverno 

Geralmente quando o pet está com frio ele começa a ter muita tremedeira e ficar todo encolhido. As patas e orelhas ficam mais frias que o normal.   

Por isso, caso seu peludinho demonstre estar com frio e não gosta de usar roupinhas, você pode protegê-lo colocando diversos paninhos e cobertores perto dele, da caminha ou casinha. Colocando-o também em uma casinha ou caminha bem quentinha, livre do vento e da chuva. Dentro de casa ou na varanda. 

Caso o animal fique no quintal providencie casinhas impermeáveis, colchonete dentro da casinha, cobertores e não deixe que s itens fiquem molhadas, assim você evita que o pet sinta frio ou fique doente.   

Uma dica é dar acesso ao seu pet em algum lugar da casa ou quintal que pegue sol, para ele ficar quentinho e tirar uma soneca ali durante o dia. A roupinha é apenas uma opção, existem diversas maneiras de proteger seu bichinho nos dias mais frios.  

Lembre-se então de deixar um cantinho para ele pegar sol; água para ele beber; ter atenção e secá-lo bem após o banho; não deixar panos molhados perto dele e ter higiene com a casinha e caminha do seu peludinho. 

Busque orientação com um médico veterinário e mantenha seu filho de patas protegido e quentinho nesse inverno! 

    Deixe um comentário

    Your email address will not be published.*