Categories

Most Popular

Principais cuidados para proteger o pet em dias frios!

Principais cuidados para proteger o pet em dias frios!

É comum que em dias frios o você pense em maneiras para aquecer seu peludinho! E qual o tutor não se preocuparia com isso, não é mesmo?!   

Mas, você sabia que cometemos alguns erros com os pets no inverno?

Então, veja nossas dicas para você proteger seu filho de patas nos dias frios, sem prejudicar a saúde dele!

Como proteger o pet no inverno  

Geralmente quando o pet está com frio ele começa a ter muita tremedeira e ficar todo encolhido. As patas e orelhas ficam mais frias que o normal. Veja o que você pode fazer para protegê-lo do frio:

Roupinha Pet: quando ela é necessária?

O uso das roupinhas não prejudica a saúde do animal desde que ele aceite. Se o peludinho aceitar o uso de roupinhas, tudo bem! Agora se ele não deixar de jeito nenhum, melhor não o estressar com isso. Muitos pets se sentem mal com elas. Alguns até se coçam bastante e acabam tendo problemas de pele.          

Casinha quentinha e cobertores:

Por isso, caso seu peludinho demonstre estar com frio e não gosta de usar roupinhas, você pode protegê-lo colocando diversos paninhos e cobertores perto dele, da caminha ou casinha. Colocando-o também em uma casinha ou caminha bem quentinha, livre do vento e da chuva. Dentro de casa ou na varanda.   

Pets que dormem no quintal:

Caso o animal fique no quintal providencie casinhas impermeáveis, colchonete dentro da casinha, cobertores e não deixe que s itens fiquem molhadas, assim você evita que o pet sinta frio ou fique doente.     

Uma dica é dar acesso ao seu pet em algum lugar da casa ou quintal que pegue sol, para ele ficar quentinho e tirar uma soneca ali durante o dia. A roupinha é apenas uma opção, existem diversas maneiras de proteger seu bichinho nos dias mais frios.    

Pouco espaço para tomar sol:

Às vezes o tutor do animal sai de casa pela manhã e só volta à noite, e mal percebe onde bate sol na casa e se o seu pet tem espaço adequado para se expor aos raios. Tanto cães quanto gatos gostam de banho de sol, especialmente no inverno. Se na sua casa não bate sol, pelo menos dê uma voltinha com o seu Pet no quarteirão. 

Banho no pet com esse frio?

Evite banhos nos dias mais frios. Caso o cão tenha se sujado com algo ou se o banho for inevitável, você pode dar um banho rápido, em local sem vento e com água morna. Após enxaguá-lo, você deve secar bem o cãozinho com toalha e secador de cabelo. Até que o pelo esteja bem sequinho. 

Beber pouca água:

No frio, os animais tendem a beber menos água – assim como nós, humanos! Entretanto, isso é um erro. Incentive seu animal a beber água e troque o potinho de água com a mesma frequência que isso é feito nos dias de calor. 

Eles precisam de mais comida no inverno! 

Os cães costumam comer mais nos períodos de frio. No inverno, os cães comem de 20 a 30% a mais do que no verão. Por isso, é importante que a quantidade de alimento oferecida seja maior. Caso o pet esteja obeso, antes de alterar a quantidade de ração, converse com o médico veterinário para que ele oriente o melhor procedimento para a saúde do cão. 

Proteção natural para o frio

Cães e gatos possuem sua proteção natural contra o frio. Sendo que, a troca de pelos é mais expressiva no período que antecede o verão e o inverno.

Ou seja, isso acontece justamente para que o animal suporte tanto as baixas quanto as elevadas temperaturas. Isso chama-se de “queda de pelo sazonal” (neste artigo, explicamos tudo sobre o assunto). Algumas raças pequenas como Chihuahua e Pinscher sentem muito frio. Já raças como Husky Siberiano, Bernese e São Bernardo, costumam sentir menos frio.  

Pets idosos e filhotes   

Apesar dos animais possuírem a pelagem preparada para todas as estações do ano, filhotinhos, pets idosos ou raças com pelos menos volumosos costumam ser mais frágeis durante o inverno.   

Os bichinhos mais velhos podem ter pelos menos eficientes contra o frio pela vulnerabilidade da idade. Já os mais novos ainda não têm muita capacidade de manter a temperatura corporal e ficar aquecidinho. 

Busque orientação com um médico veterinário e mantenha seu filho de patas protegido e quentinho nesse inverno! 🐶🐱💗 

    Deixe um comentário

    Your email address will not be published.*