Categories

Most Popular

13 dicas de como deixar a casa segura para o seu gatinho!

11 dicas de como deixar a casa segura para o seu gatinho

Quando se trata de acidentes domésticos é preciso ter muita atenção, ainda mais quando temos filhos felinos em casa, já que esses pequenos são curiosos e arteiros. Eles amam mexer e descobrir os lugares mais incomuns, além de se pendurar e aprontar muito!

Por isso, é importante que todos os ambientes da residência estejam sempre seguros para evitar que seu filho de patas se machuque.

Então, confira as nossas 13 dicas que te ajudarão a proteger o seu gatinho!  

1 – Telas em janelas para proteger seu gato

A primeira dica para evitar acidentes domésticos é proteger a residência contra a fuga da sua bolinha de pelos. Pois se fugir, além de correr o risco de não voltar pra casa, o animal pode se envolver em algum acidente na rua. A rede de proteção é uma ótima alternativa para isolar janelas e sacadas de varandas. Especialmente para quem precisa se ausentar por longos períodos, reside em apartamento ou casa com mais de um pavimento.   

Levando em conta que a grande maioria dos gatos adora altura, o cuidado com os bichanos deve ser redobrado, pois, para eles, até as prateleiras (normalmente cheias de objetos de decoração), são consideradas áreas favoritas para brincadeiras e passeios. Portanto, sempre assegure que as telas das janelas estão em bom estado e bem fixadas.

2 – Cuidado com portas

Invista em apoiadores de portas, pois elas podem bater e acabar esmagando a cauda ou as patinhas do animal. Também é importante colocar proteções contra “batidas” nas quinas dos móveis que possam machucar o pet, caso ele seja um pouco mais agitadinho.

3 – Objetos pequenos e pontiagudos fora de alcance do felino

Cuidado com objetos pequenos que podem ser facilmente ingeridos pelos felinos: agulhas; moedas; clipes de papel e qualquer objeto pequeno, pontiagudo ou cortante. Guarde esses itens em locais fechados, no alto e sempre fora do alcance do seu gatinho.  Se engolido pelo animal, qualquer um desses itens pode causar sérios problemas ao animal, sendo necessário até mesmo uma cirurgia para retirada de corpo estranho.

4 – Banheiro 

No banheiro, mantenha tampas de vasos e lixos bem fechadas e guarde dentro de gavetas quaisquer tipos de objetos cortantes e pontiagudos (como tesoura, alicate, lâmina de barbear, etc.), medicamentos ou produtos que possam ser tóxicos para o animal.

5 – Cozinha 

Impeça a presença do animal na cozinha enquanto estiver cozinhando ou mexendo com objetos perigosos e pontiagudos. Seu pet pode esbarrar e acontecer um acidente, fazendo com que o objeto caia sobre si. Ao permitir a entrada do pet na cozinha, certifique-se de que forno e fogão estejam resfriados. Também é importante se certificar de que não haja facas ou objetos que possam se quebrar e cair sobre eles.   

6 – Cuidado com plantas 

Se você tem plantas em casa é bom ficar de olho! Alguns vegetais são tóxicos aos pets. O recomendado é não os deixar em locais que o cão ou gato possam ter acesso. Mantenha plantas e flores que possam causar intoxicação ou alergias nos pets fora do alcance ou evite tê-las em casa. Confira aqui a lista das espécies de plantas tóxicas para cães e gatos.

7 – Produtos químicos 

Na área de serviço, deixe fora do alcance dos pets qualquer tipo de produto de limpeza, mantenha lixos bem fechados e objetos menores (como pregadores de roupas) dentro de compartimentos específicos e fechados. 

8 – Remédios e cosméticos 

A mesma dica serve para os medicamentos e produtos cosméticos, que devem sempre estar em local seguro, fora de alcance do seu bichinho de estimação. Pois, esses tipos de produtos podem causar intoxicação no seu filho de pelos e patas.  

9 – Tomadas e fios elétricos 

Tire todo tipo de fio elétrico solto do alcance dos pets, agrupando-os e mantendo-os em local de difícil acesso, já que eles podem dar choques e enforcar os bichos de estimação mais agitados. Alguns gatos costumam mastigar fios elétricos, se seu felino é um desses, amarre os fios longe do seu animal ou os cubra para evitar que ele leve algum choque. Utilize protetores de tomadas para evitar que os bichanos tomem choque.

10 – Portões 

A atenção deve ser redobrada se sua casa tiver portões elétricos ou com lanças pontiagudas. Uma boa opção para evitar acidentes nestes casos é manter o pet dentro de casa toda vez que alguém for chegar ou sair. O animal pode ser animar demais e acabar machucado pelo fechamento do portão ou por pular sobre ele. 

11 – Fique atento com as gavetas e armários

Os gatos amam entrar nesses locais para brincar. Caso o animal fique ali trancado sem o tutor perceber, o pequeno pode acabar se sufocando. 

12 – Feche a porta dos móveis

Feche a porta de geladeiras ou freezers assim que terminar de usar, para evitar que seu gato entre e acabe ficando preso dentro do eletrodoméstico. 

13 – Atenção com plásticos

Os gatos podem ser atraídos por plásticos ou papel alumínio, se ingeridos podem obstruir o intestino do animal ou causar asfixia. Por isso, evite deixar esses materiais no alcance do seu pet e aposte em lixos a prova de gatos!

Agora é só colocar as nossas dicas em prática e apostar em uma casa segura para o seu filho felino! 🙂 



    Deixe um comentário

    Your email address will not be published.*